Sobre o Bandeirantes Imprensa       Fale Conosco Trabalhe Conosco Mapa do Site
70 anos
Agendamentos: (11) 3345-2288
Menu principal
*Esse número é exclusivo para agendamentos de exames e consultas

Ressonância Magnética

O que é?
 
Ressonância Magnética (R.M.) é um método diagnóstico em que se obtêm imagens do interior do corpo humano sem o uso de raios-X ou outras formas de radiação ionizante. O hidrogênio é o componente primário da molécula de água que constitui aproximadamente 69% do nosso peso corporal e é o responsável pela formação das imagens. Neste exame, o paciente é colocado em um campo magnético no qual se
aplicam ondas de radiofrequência semelhantes àquelas transmitidas pelas rádios FM. Esta combinação produz imagem de alta qualidade das mais diversas regiões do nosso corpo e de forma totalmente indolor. 

Realize seu agendamento:

     


 
Para que serve?
 
Para detectar infecções, inflamações, cistos, sangramentos, tumores, problemas de coluna, lesões de ligamentos, músculos, tendões e outras anormalidades, ajudando o médico no diagnóstico preciso.
 
Como é feita?
 
É feita em um aparelho chamado magneto. O magneto tem a forma de um grande cubo com um túnel em seu interior, por onde entra o paciente deitado sobre uma maca. A maca desliza para o interior do túnel de forma que a região do corpo a ser estudada permaneça no centro do magneto. O túnel permanecerá aberto nas extremidades, com iluminação e ventilação normais.





É extremamente importante que o paciente fique imóvel durante a aquisição das imagens para se evitar a degradação das mesmas. Em alguns casos será solicitado que se prenda a respiração. Durante a aquisição das imagens o aparelho faz um barulho semelhante a batidas contínuas, motivo pelo qual são fornecidos tapa-ouvidos aos pacientes. A duração do exame é de aproximadamente 30 minutos dependendo da região a ser estudada.
 
Cuidados e efeitos colaterais:
 
Como o paciente é colocado em um alto campo magnético para a realização da R.M., algumas perguntas precisam ser respondidas
antes do exame a respeito de aparelhos ou objetos metálicos que possa portar, como marca-passo cardíaco, clipes de aneurisma cerebral, neuroestimuladores, aparelhos de ouvido ou projéteis de arma de fogo. Dependendo do tipo e localização destes metais no organismo, o exame poderá ser contraindicado. A capacidade da maca é de até 140 kg. 
 
Em alguns exames será necessária a injeção de contraste, substância líquida que visa melhorar a eficácia na detecção e caracterização
de eventuais lesões. Como qualquer medicação administrada na veia, o meio de contraste pode causar reações adversas, como coceira, náusea, vômito, urticária, vermelhidão na pele, espirros e edema da pálpebra. Estas reações são extremamente raras. 
 
A realização do exame no ambiente hospitalar é segura, pois possui todos os recursos necessários para tratar possíveis reações ou outras alterações causadas pelo uso do contraste. 
 
Preparo para o exame:
 
É necessário trocar de roupa para que possíveis resquícios
 
Em alguns casos, pede-se jejum prévio de 2 horas.
 
Nestes casos, eventuais remédios utilizados pelos pacientes
 
Pacientes com idade acima de 60 anos e diabéticos devem apresentar exames laboratoriais recentes, principalmente exames que avaliam a função renal para os casos de aplicação de contraste.
 
Após o exame:
 
O paciente poderá retornar à sua rotina normal sem necessidade de repouso ou qualquer cuidado adicional.
 
Exames anteriores:
 
Se já realizado, é recomendado trazer exames anteriores para efeito de comparação e melhor avaliação de diagnóstico. 

 

Fonte:
Matéria aprovada pelo Coordenador de Conteúdo


Localização

Hospital Bandeirantes
Unidades Bandeirantes

Rua Barão de Iguape, 209 - Liberdade - São Paulo - SP - CEP 01507-000  

PABX: (11) 3345-2000 Mapa
Clique na opção desejada